terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Drogas: O risco do prazer, um alerta aos pais.

Estava navegando na internet e me deparei com um artigo chamado “Drogas tô dentro”, fiquei assustada e curiosa ao mesmo tempo. Ele fala sobre o que é ético ou não mais o que me chamou a atenção foi o conselho que ele dá aos pais sobre como falar sobre drogas com os filhos. Transcrevo abaixo uma parte do artigo.

" Drogas Tô Fora _ ...quando alguém lhe oferecer, nunca aceite. As drogas são a maior desgraça para o ser humano, destrói a dignidade, felicidade, alegria, a saúde. Vai te levar para o fundo do poço. Os teus amigos que hoje lhe oferecem drogas te abandonarão quando você estiver na pior...
O diálogo acima não traz contradições, mas devido à questão ética não demonstra toda a verdade. Todo e qualquer ato negativo, acontecido por acidente ou por vontade própria, traz um ganho positivo. Assim, no uso de drogas, tem que haver algum ganho positivo, e este ganho tem que ser considerado.

Drogas Tô Dentro _ ...as drogas são algumas das maravilhas do mundo. O estado alucinógeno deve ser (ou é , se já experimentou) fantástico....Está é a parte em que as drogas lhe trazem um ganho positivo. ...as drogas lhe dão estes benefícios, mas em compensação lhe tiram a dignidade, a felicidade, a alegria e a saúde. As drogas realmente são muito boas, visto que o preço a pagar é a própria vida. A questão é: será que vale a pena? Quando chega a hora de pagar o valor exigido, a maioria dos usuários dizem não ter valido a pena...
Quando os pais não falam dos ganhos positivos em que as drogas trazem, oculta uma verdade que poderá causar danos para o filho que fará uso pela primeira vez. Todo e qualquer conceito negativo, que os pais tenham passado, quanto às drogas, se transformará, a nível inconsciente, em uma grande mentira. Isso ocorre porque a parte negativa não será evidenciada, pois ela depende de um tempo para que ocorra. Naquele momento, sendo a primeira vez, só existe o lado positivo, este trará os benefícios (prazeres) que as drogas proporcionam."

Este texto me fez pensar. Realmente muitas vezes (praticamente todas) quando vamos aconselhar alguém sobre o perigo das drogas, do álcool, do cigarro ou de qualquer outra coisa enfatizamos muito o lado ruim e nos esquecemos de dizer que tudo tem um lado bom na vida. E por incrível que pareça, as drogas tem o seu lado “bom”. Falamos dos riscos sociais, legais e da dependência, mais não falamos que elas trazem algum prazer (senão ninguém as usaria).

Falamos que o Álcool causa doenças como as gastrites, úlceras, hepatite, cirrose, diminuição da força muscular das pernas, doenças do coração, derrame, impotência sexual e muitas outras.
Que o alcoolismo é um dos maiores problemas de saúde pública no mundo, que está associado a cerca de 50% dos acidentes com morte, 50% dos homicídios e 25% dos suicídios, isto é fato. Mais também é fato e não podemos nos esquecer de falar do lado “bom” da coisa. No inicio a ingestão de bebidas alcoólicas lhe da a sensação de liberdade, coragem e poder. Sensações de euforia, pois o álcool é um estimulante, deixa as pessoas menos desinibidas (pela sua ação depressora sobre os centros inibitórios do cérebro, o álcool é um desinibidor por excelência.), “alegres”, mais falantes. Algumas pessoas relatam que, quando bebem têm a sensação de que são mais cultas, inteligentes, simpáticas, bonitas, ricas e sensuais, uma ou várias sensações combinadas.

Falamos que o cigarro causa inúmeros malefícios cardiológicos e respiratórios. É fato que a totalidade dos gastos sociais decorrentes do tabagismo supera em muito a arrecadação de impostos que ele proporciona: o câncer, segunda causa de morte por doença no país, é responsável por grandes gastos com tratamentos e internações hospitalares, uma vez que 90% dos cânceres de pulmão e 30% de todos os outros tipos de câncer são devidos ao tabagismo. As doenças cardiovasculares, primeira causa de morte no país, bem como a bronquite crônica e o enfisema, estão diretamente relacionadas ao uso de tabaco e geram importantes gastos na área da saúde.
Porem, não podemos nos esquecer que graças a suas propriedades psicoativas, o cigarro é capaz de provocar sensação prazerosa, estimulante e ansiolítica (diminuição da ansiedade), e desta forma aplacar o mal-estar sentido pela pessoa, tirando-lhe a chance de enfrentar essas situações com seus próprios recursos, aprender e se desenvolver com elas, proporcionando uma “fuga”. Ele traz a sensação ao fumante de bem-estar. Inicialmente, o indivíduo utiliza o cigarro como um excitante artificial. Porém, chega em um ponto, com altas doses de nicotina num indivíduo estressado, que o cigarro terá um papel de calmante artificial. Como a pessoa não ficará doente no inicio, ela sentirá este “bem-estar” e associará que o cigarro não é tão ruim assim como as pessoas dizem, que as pessoas exageram.

Falamos que a droga é uma droga (e realmente é), que leva a morte e etc. Mais nos esquecemos das “boas sensações” que elas trazem inicialmente.
Muitas drogas têm propriedades anestesiantes e tranquilizantes. Outras induzem à euforia e ao delírio, aumentando a atividade cerebral, o usuário fica ligado, elétrico, em estado de alerta. Outras reduzem o sono e aceleraram o pensamento. Dão a sensação de confiança em si mesmo, de poder e excitação, desejo de contato físico. Segue abaixo a declaração de um usuário:

“A sensação no começo é maravilhosa, não só pelo efeito da erva mas pelo fato de estar entre amigos, amigos dos amigos e amigos novos que acabamos de conhecer. O baseado vai passando de mão em mão, cada um puxando de forma diferente, alguns engasgam, outros engolem a fumaça e você ali no meio daquilo tudo excitado e ao mesmo tempo com medo da policia, bandidos ou qualquer conhecido que passe por ali naquela hora. Depois vem o efeito, você começa a rir de qualquer coisa, e em grupo essas sensações são amplificadas (começa a rir um da mancada do outro). Depois que a onda vai embora vem aquela fome enorme e temos a sensação de que comeríamos um boi inteiro.”

Não estou aqui fazendo apologia ao uso de drogas, mais para que os nossos conselhos em relação a este assunto sejam levados em consideração temos que ser honestos com as pessoas em relação ao uso delas, não somente mostrar o lado ruim mas também o “bom”, pois esta será a sensação inicial experimentada.
Como a família na maioria das vezes é o primeiro grupo social do ser humano, o filho ao ser “enganado” (entendimento inconsciente) pelos pais, poderá perder a confiança naquilo que eles dizem. A questionar negativamente os conselhos dados pelos pais, pois aquilo que eles falam não condiz muitas vezes com as sensações já experimentadas pelos filhos. Assim começam a achar que tudo que os pais falam para aconselha-lhos é mentira, uma forma de querer controlá-los e privá-los dos prazeres da vida .Com isso os filhos passam a acreditar mais nos “amigos” que só falam do lado “bom” da coisa e a ignorar os conselhos dos pais que só falam do lado “ruim”. Para que haja um relacionamento mais reciproco e verdadeiro entre pais e filhos é preciso mais honestidade, respeito pela inteligencias do filhos e menos definições.
Sejamos francos e sinceros em nossas relações com o próximo, mostrando a eles que a vida é feita de escolhas e sempre existe o lado bom e ruim. Isto me fez lembrar uma passagem do velho testamento que se encontra no livro de Deuteronômios capítulo 28 onde DEUS através de Moisés fala ao povo sobre as bençãos da obediência e as maldições da desobediência. DEUS é completamente claro e honesto com o povo, explicando em detalhes o lado bom e ruim das coisas. E como um pai amoroso que é, no capítulo 30 versículo 20 diz: "Agora escolham a vida, para que vocês e os seus filhos vivam...". Este é o exemplo deixado pelo nosso pai celestial, devemos ser claros e realistas, mostrando o lado bom e ruim e aconselhando-os a escolher o lado bom, a vida. Este é o papel dos pais. Você não pode estar ao lado do seu filho 24 horas por dia, não pode protegê-lo de tudo e todos, o que você pode fazer é ser honesto em relação a vida e aconselhá-lo a tomar o caminho certo, como diz em Provérbios 22 versículo 6 “Eduque a criança no caminho em que deve andar, e até o fim da vida não se desviará dele”.
Já vi muitas vezes pais reclamando que filho não vem com manual de instrução. Você esta enganado, DEUS o teu criador e também do seu filho nos deixou a Bíblia, que como eu gosto de dizer “é o manual do fabricante”. Em toda a Bíblia você encontrará o relacionamento entre DEUS e o seu povo, um exemplo de relacionamento entre pais e filhos. Se você quer saber como lidar não somente com a seu filho mais com qualquer ser humano, consulte o manual do fabricante.

Mudando um pouco de assunto, ja que estamos falando de relacionamento entre pais e filhos, não sei quanto a você mais eu sou filha de DEUS. Não tenha a religião de servo, seja “filho”. Aprendi isso num dos livros de David Seamands. Ele diz que:

“O servo é aceito e valorizado baseado naquilo que faz, o filho baseado naquilo que é.
O servo começa o dia ansioso e preocupado, querendo saber se o seu trabalho realmente agradará ao Senhor. O filho descansa no amor seguro da família.
O servo é aceito por causa da sua habilidade, o filho por causa de um relacionamento.
O servo é aceito por causa da sua produtividade e desempenho, o filho tem seu lugar próprio por causa da posição como pessoa.
No final do dia, o servo somente terá paz se estiver certo de ter provado o seu valor mediante o trabalho. Na manhã seguinte a sua ansiedade recomeça. O filho pode estar seguro o dia inteiro, e sabe que amanhã a sua situação não mudará.
Quando um servo falha, toda a sua posição está em risco; pode perder o emprego. Quando um filho falha, fica sentido porque magoou os pais, e será corrigido e disciplinado. Porém, não tem medo de ser lançado fora. A sua confiança básica descansa em ter o seu próprio lugar e em ser amado, sendo que as suas obras não influenciam a estabilidade da sua posição.”

Sinceramente, nunca tinha parado para pensar nisso. Muitas vezes só ouvimos que somos servos, servos, servos, servos... Mais não podemos esquecer que também somos filhos.
Isto esta na Bíblia queridos, Galatas 4:4-7 nos diz: “Mas, quando chegou a plenitude do tempo, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido debaixo da Lei, a fim de redimir os que estavam sob a Lei, para que recebêssemos a adoção de filhos. E, porque vocês são filhos, Deus enviou o Espírito de seu Filho ao coração de vocês, e ele clama: "Aba Pai". Assim, você já não é mais escravo, mas filho; e, por ser filho, Deus também o tornou herdeiro.”
O apóstolo Paulo trata claramente com os que queriam impor a lei de Moisés junto com o evangelho de Cristo, legalistas, propondo sujeitar os crentes a sua escravidão. Não podiam entender plenamente o significado da lei dada por Moisés. Eles estavam sujeitos a tantos rituais e observâncias fatigosas, pelos que eram ensinados e mantidos sujeitos como uma criança a tutores e curadores.
Temos que viver como filhos, não como escravos. Apesar da lei mosaica ser santa e elevada, Paulo se referiu a ela como algo ultrapassado se fosse usado como condição básica para a salvação. Ao enviar Seu filho JESUS, DEUS resgatou-nos do domínio da lei, para que fossemos livres e alegres na casa do pai. Não somos mais meninos, menores de idade, ou escravos, mas filhos e herdeiros de DEUS. Isto não quer dizer que não sejamos mais servos, mas que não somos “apenas” servos, somos filhos também, e um filho serve ao seu pai por amor, não por obrigação como os escravos. Estamos debaixo do mesmo teto que CRISTO, e temos o direito de ter toda a sua graça e auxilio. JESUS já nos libertou, não devemos nos desviar da simplicidade da fé em CRISTO e passar a confiar em ritos, cerimonias e numa rotina estabelecida. Isso nos levará de volta a escravidão.
Senti vontade de compartilhar essas palavras com vocês por que saber de forma consciente que sou filha e não mais/somente serva, fez ampliar o meu horizonte, me fez ver quem eu sou, qual o meu lugar e fez uma enorme diferença em como vejo a DEUS. Não como um Senhor distante que nunca consigo alcançar, mais como um pai amoroso que me carrega no colo quando não consigo caminhar.

Isso foi só um parênteses, voltando ao nosso assunto inicial, espero que você reflita, assim como eu refleti em como abordar não somente o assunto relacionado a drogas, mais em tudo na vida. Todos os dias temos que tomar decisões, então devemos ser o mais honesto, claro e realista com as pessoas, principalmente os pais em relação aos filhos, pois muitas vezes eles tomarão uma decisão baseados naquilo que você fala e faz. DEUS te abençoe e te dê sabedoria.

Cristão deprimido: Contradição ou verdade rejeitada?

A algumas semanas atrás vi um filme intitulado para salvar uma vida, o que me inspirou para criar este blog. Aquele filme mexeu profundamente comigo. Ele conta a historia de 2 meninos  chamados Jake Taylor e Roger que são amigos de infância. Certo dia Roger salva a vida de Taylor e por conta disso fica com uma deficiência na perna. Eles crescem e na adolescencia se afastam. Taylor se torna o rei da escola, jogador de basquete, popular e Roger o excluído, isolado, que era zombado e ridicularizado por todos. Certo dia Roger aparece na escola armado e comete suicídio na frente do ex-amigo de infância Taylor. A partir dai a vida de Taylor muda, ele começa a questionar tudo. Mas acima de tudo, ele não consegue parar de perguntar: Será que eu poderia ter salvado Roger? Assim Taylor passa a enxergar as pessoas alem das marcas de roupa, da cor da pele, do status social, ele vê o ser humano igual a ele. Não vou contar o resto do filme mais, aquele rapaz que cometeu suicídio, Roger, estava profundamente deprimido e sozinho. No final de semana anterior ao suicídio, Roger tinha ido a reunião jovem da igreja local, talvez na esperança de encontrar um sentindo para vida, se sentir amado, aceito, para não ter que cometer tal atentado contra a própria vida. Só que aquelas pessoas estavam tão preocupadas consigo mesmas que não o viram, não deram atenção. O que temos feito diante do grito silencioso de muitos jovens pedindo socorro? será que estamos atentos para ouvir ou ocupados demais para algo tão insignificante como o outro, pois temos nossa própria vida e nossos problemas. Mais não se esqueça que "o outro" também é criado a imagem e semelhança de DEUS assim como você e CRISTO também morreu por ele. Será que teremos que passar pela situação de Taylor para acordamos? Porque ao ver o mundo se afundar não estendemos a mão, não queremos ajudar? Essa é a nossa natureza adâmica, narcisista, mais DEUS quer nos dar a natureza de CRISTO.

Vou estar escrevendo aqui sobre uma doença que hoje em dia é bastante comum porém é uma das menos diagnosticas pelos médicos: a depressão. Além deste problema temos um outro tão grave quanto, o de generalizar a palavra como uma simples tristeza, por exemplo por um time que perdeu um jogo. Isso não é depressão. Assim como a palavra amor perdeu o sentindo (eu amo chocolate!) e é usado para qualquer coisa que se goste ou sinta algum tipo de atração, a depressão também tornou-se uma palavra comum, corriqueira no dia a dia. Só que a depressão é muito mais que uma tristeza. A depressão tira o sentido, a alegria e o prazer da vida, torna tudo sem graça, sem cor. É uma tristeza que corrói a alma e que rouba o mais importante que você tem: a vida. Os sonhos e projetos se vão, aquilo que lhe dava prazer não lhe da mais, a solidão e a culpa se tornam suas amigas intimas. Muitas vezes a fome se vai ou o inverso, a pessoa come demais. É uma doença silenciosa. A negação é comum, por isso a família e amigos são tão importantes. Se você conhece alguém com estes sintomas, incentive-a a estar em comunhão com a igreja. E se mesmo assim você não ver a melhora dela não exite em aconselhá-la a procurar ajuda profissional, vamos parar com esse preconceito ridículo de que crente não fica depressivo, fazendo isso você esta rasgando a Bíblia pois grandes homens de DEUS como Davi “Por que esta abatida, ó minha alma?” (Sl 42:5) e Elias “Toma agora, ó Senhor a minha alma.” (1 Rs 19:4) passaram por períodos de grande depressão.

Não diga que é por causa de pecado, falta de fé e etc (se você não sabe, a depressão pode ter causas orgânicas), a pessoa depressiva já tem bastante acusações em sua mente, não seja usado pelo diabo para acusar, desencorajar e fazer com que estas pessoas se sintam piores do que já estão. Seja boca de DEUS, pois a boa palavra abençoa, levanta e constrói. Infelizmente, nestas situações, nossos amigos da igreja podem ser os piores inimigos, dando-nos conselhos falsos, em desacordo com a realidade. A Bíblia é muito mais pratica conosco e mais carinhosa também do que alguns de nós, pois ela diz que um cristão pode ficar deprimido. Um ao outro ajudou e ao seu companheiro disse esforça-te. Se DEUS tem te capacitado para ser muleta para alguém hoje, disponha-se. Você não foi só chamado para ser abençoado e sim para ser benção. JESUS não veio para os são senão para os doentes. “Aquele que esta de pé cuide para que não caia.” (1 Co 10:12). O ajudar esta em suas mãos. Não seja omisso, pois isso sim é pecado como diz a Bíblia: “quem sabe fazer o bem e não o faz peca” ( Tg 4:17).

Listo abaixo os principais sintomas da depressão. Por favor, se você tem um ou outro isso não quer dizer que você esteja em depressão. É o conjunto de sintomas que se perdurarem por mais de 2 semanas podem indicar que a pessoa esteja deprimida. Neste caso procure a orientação de um profissional capacitado, pois só ele poderá dar um diagnóstico:

Tristeza profunda e constante;
Não quer conversar ou sair;
Ansiedade;
Sentimentos de desesperança e culpa;
Perda de interesse pelos hobbies;
Insonia ou dorme demais;
Falta de apetite e perda de peso ou o contrario, como demais e engorda de repente;
Fadiga;
Sente-se lerdo ou agitado demais;
Pensamentos de morte ou suicídio;
Pensamentos negativos;
Isolamento social (só querem ficar sozinhas).

DEUS pode te curar da depressão, mais se Ele não curar, procure ajuda profissional, não viva uma vida incomoda, de derrota por causa da depressão. Muitas vezes DEUS usa médicos, conselheiros, psicólogos, psiquiatras, pastores para te curar, outras vezes simplesmente DEUS opera um milagre. Mais independente do que acontecer saiba que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a DEUS. Coopere com o ESPÍRITO SANTO neste processo de oração e cura profunda, DEUS não somente nos refaz e recondiciona, mas também nos capacita para ajudarmos aos outros. DEUS quer que a sua dor se torne ganho para alguém. DEUS te abençoe.

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Relação de clínicas públicas e evangélicas, para tratamento e/ou internação de dependentes químicos.



Vou te contar uma coisa que talvez você não saiba: EXISTE SOLUÇÃO PRA VOCÊ!!!
Basta você reconhecer que precisa de ajuda. Não estou dizendo que será fácil, não, será difícil, mais não há nada impossível para DEUS, Ele quer te fazer livre, quer restituir tudo o que você perdeu, te dar paz e esperança de um futuro para você e sua família. Nesta lista abaixo você encontrará muitas pessoas dispostas a te ajudar nesta caminhada. DEUS te abençõe e te faça livre em nome de JESUS.
As imagens são para a sua reflexão.
Clínicas Públicas

CEAD - Conselho Estadual Anti-Drogas
Telefone: 3399-1319 (segunda a sexta, das 9 às 17h).
Endereço: Rua Fonseca Teles, 121, 30° andar - São Cristóvão.
(próximo ao Largo da Cancela)


Clínica Michelle Silveira de Moraes (Estadual)
Telefones: 3395-3722.
Endereço: Estrada Reta do Rio Grande, 1300 - Santa Cruz - RJ.


Clínica Ricardo Iberê Gilson
Telefones: (24) 2471-5993 e (24) 2471-5667.
Endereço: Rua Barão de Santa Mônica, 115 - Barão Juparanã - Valença - RJ.
  
CEATA - Centro de Atendimento Total ao Adolescente
Telefone: 2673-6144.
Atendimento: Quarta-feira, das 13 às 15h. Sexta-feira, das 9 às 11h.
Documentos: Certidão de nascimento, comprovante de residência e fotografia 3x4.
Endereço: Rua Correa Méier, 127. Bairro 25 de agosto - Duque de Caxias - RJ.


Fundação Leão XIII (abrigo para moradores de rua)
Contato: Alexandre.
Telefone: (21) 2564-4415.
Endereço: Higienópolis - Bonsucesso - RJ.


Abrigo para Moradores de Rua - Triagem
Telefone: (21) 2501-7806.
Endereço: Triagem - RJ.


Centro Municipal de Saúde em Duque de Caxias
Contato: Dra. Solange.
Telefone: 8811-9778.
Endereço: Ao lado do Hospital Infantil - Duque de Caxias - RJ.
3ª feira - Dra Ana Paula - de 8 às 17h.
5ª feira - Dra Ana Paula - de 13 às 17h.
6ª feira - Dra Solange - de 13 às 17h (no Hospital Duque).


AADEQ - Associação dos Amigos de Dependentes Químicos
Telefones: 2436-0672 e 2410-1278.
Endereço: Estrada Ilha de Guaratiba, 3991 - Ilha de Guaratiba.


CREDEQ - Centro de Recuperação para Dependentes Químicos
Contato: Nélson José de Almeida.
Telefones: 3403-6796 e 3108-5816.
Endereço: Estrada do Campinho, 4700 - Campo Grande - RJ.


UTAD - Unidade de Tratamento de Álcool e Drogas
Contato: Oswaldo Saíde.
Telefones: 3477-0848 e 2440-5050.
Endereço: Estrada do Engenho Velho, 1075 - Taquara - Jacarepaguá - RJ.


Clínica Nise da Silveira
Telefones: (24) 3324-5997 e (24) 3323-1565.
Endereço: Rodovia Presidente Dutra, Km 282 - Barra Mansa - RJ.
Clínicas Evangélicas
Projeto Filipenses (manutenção de resultados)
Contato: Carlos Arlindo.
Telefones: (21) 2501-6572 e 2501-2854.
Fax: (21) 2218-7548.
Endereço: Rua Barão de Bom Retiro, 556/205 - Engenho Novo - RJ.


Comunidade S8 (Clínica Popular para Tratamento de Dependente Químico) 
Direção: Elen Fontes 
Telefones: (21) 3395-3722 e (21) 3395-0817 
Endereço: Estrada Reta do Rio Grande, 1300 - Santa Cruz - Rio de Janeiro – RJ 
http://www.comunidades8.org.br/


Associação Bom Samaritano
Telefones: (21) 2120-6030 e 9243-5666.
Endereço: Rua Lemos Cunha, 577 - RJ.


Desafio Jovem Ebenézer - Seropédica
Contato: Gil, Mauro ou Aldenir.
Telefone: (21) 3787-2964.
Local: Seropédica - RJ.


S.O.S Vida
Contato: Sueli.
Telefone: (22) 2643-4204 (das 13 às 18h).
Endereço: Igreja Metodista - Rua Raul Veiga, 150 - Centro - Cabo Frio - RJ.
Exames: Hemograma completo e Abreugrafia do pulmão.


Projeto Vida
Contato: Isaías.
Telefones: (31) 9711-5912, (33) 8812-2392 e (31) 3332-1474.
Realeza - MG.
Exames: Hemograma completo e Abreugrafia do pulmão.


Esquadrão da Vida - Nova Friburgo
Contato: Dra. Betty de Bolais e Sakiamuni.
Telefones: (22) 2522-8208, 2533-0477 e 2649-5378.
Endereço: Rua Ernesto Basilio, 48/102 - Centro - Nova Friburgo - RJ.
Site: http://www.esquadraodavida.org.br/
E-mail: info@esquadraodavida.com


Projeto Esperança
Contato: Dra. Nice e Jorge Luiz.
Telefones: (22) 3853-0009 e 9819-9339.
Endereço: Estrada Pádua, Miracema, Km 7 - Santo Antônio de Pádua - RJ
(Pegar um taxi na rodoviária de Santo Antônio de Pádua)


Esquadrão da Vida - Bauru
Contato: Edmundo Muniz e Eugênia.
Telefones: (14) 222-5076, 9772-1144 e (14) 3214-9072.
Endereço: Praça João Paulo II, sn, terminal rodoviário de Bauru, sala 49, Baurú-SP.


Projeto Kairós
Contato: Renato.
Telefone: (21) 2741-2987.
Como chegar: Rodoviária de Teresópolis. Pegar ônibus para Providência, descer na Igreja Católica Percegueiros e telefonar para a comunidade.
Carro: Seguir pela Rio-Tersópolis e entrar na BR-Além Paraíba até o Km 68,5 e entrar no bairro Persegueiros.


Esquadrão Vida - Sorocaba
Contato: Inácio Marchette.
Telefone: (15) 233-6070.
Endereço: Rua Dr. Rui Barbosa, 198 - Vila São Domingos - Sorocaba - SP.
Site: http://www.vida.org.br/
E-mail: vida@vida.org.br

Comunidade Vida Nova
Contato: Vanderson.
Telefones: (24) 2255-8877, 9964-2556 e 9841-0719.
Endereço: Walkreuse Correa Meireles 2881 - Purys (antigo Pesque e Pague) - Caixa Postal 214 - Três Rios - RS - CEP 25704-000.


Cerumu
Contato: João Bosco.
Telefones: (21) 3705-5362, 9359-7811 e 9934-6967.
Locais : São Gonçalo-RJ (triagem) Cachoeiras de Macacu-RJ (internação).

QG da Paz
Contato: Pr. Flávio Lemos.
Telefone: (21) 2699-5346.


Desafio Jovem
Contato: Pr. Carlos Roberto Pereira.
Telefones: (19) 3534-1999 e 3534-4212.
Endereço: Rua 3, n° 1780 - Centro - Rio Claro - SP - CEP 13500-162.
Site: http://www.desafiojovem.com.br/
E-mail: desafiojovem@desafiojovem.com.br


Desafio Jovem - SP
Telefone: (11) 4604-2741.
Endereço: Rod. Fernao Dias Km 62 - CPC 55 - Mairipora - SP - CEP 07600-994.
Site: http://www.desafiojovem.net/


Vale da Bênção (apoio à criança e ao adolescente)
Contato: Pr. Técio Sá.
Telefones: (11) 4136-2337 e 9956-1064.
Endereço: Rodovia Presidente Castelo Branco, Km 50.
Araçariguama - SP - CEP 18138-97.


Clínica Reviver
Contato: Pastor Fernando.
Telefones: (34) 3728-4360, (34) 8807-3344 e (34) 9943-8121.
Endereço: Muriaé - MG.


Recanto Renascer
Contato: Magali.
Telefones: (15) 3343-4197, (15) 3247-4070 e (15) 9119-0736.
Endereço: av. Jaziel Azeredo Ribeiro, 4250 - Curtume.
Votorantim - SP - CEP 18112-180.
Ponto de referência: Próximo à fábrica Dixie Toga.
Site: http://www.recantorenascer.com.br/
E-mail: contato@recantorenascer.com.br


Clínicas Particulares
Centro Terapêutico Viva
Sorocaba-SP: Tel (15)3243-4330
Itajaí-SC: Tel (47)3249-0411
Brasília-DF: Tel (61)3244-1810
Plantão 24h: (15) 8117-5152 e (15) 9771-3171





Seja um RADICAL.




Existe o pensamento secular de que, para ser radical, é necessário ser “maluco”, ultrapassar os limites e viver uma vida desregrada. Para os partidários dessa idéia, o radicalismo está associado a noites em claro, regadas a drogas e a uma condição de destaque no convívio social por esse tipo de “façanha”.

O que a Bíblia nos orienta, no entanto, é exatamente o contrário: ser radical não é fazer o que a massa já faz, mas remar contra a maré. A vida radical, de acordo com os princípios bíblicos, sugere a idéia de que, se todos estão se destruindo por meio das drogas, você é aquele(a) que tem saúde, cuja vida é focada, que não precisa de aditivos para ser feliz e ter paz no coração.

Do mesmo modo, se ninguém tem religião e todos acham que isso não deve ser levado em consideração, você é aquele(a) que tem um relacionamento com Deus, que tem uma vida de oração, de leitura da Palavra de Deus, e cuja vida é iluminada em função disso.

Ser radical é viver contra as coisas que o mundo nos dita como certas. É saber que, enquanto todos procuram o maior número possível de parceiros, o número maior possível de “baladas”, você está junto da(o) sua/seu namorada(o), almejando constituir uma família, procurando fazer aquilo que é correto. Isso também lhe dá a segurança de ter uma pessoa que o(a) ama, que cuida de você e o(a) protege e que deseja honrá-lo(a) e respeitá-lo(a).

Ser radical é saber que tudo o que Deus tem para as nossas vidas, por mais que pareça diferente daquilo que o mundo oferece, vai lhe trazer benefícios e ajudá-lo(a) a ficar mais próximo de Deus. Ser radical é não se deixar influenciar por uma cultura que nos ensina o que é contrário a Deus e permitir-se influenciar pela cultura da Bíblia Sagrada, a Palavra de Deus, uma vez que ela foi escrita para nos revelar a vontade do Criador para o ser humano.

E, se foi Ele quem nos criou, ninguém melhor do que Ele para saber qual a melhor maneira de vivermos. Por isso, radicalize todos os aspectos da sua vida, principalmente o espiritual. Busque Deus de todo o seu coração e procure transformar a sua vontade de radicalizar em santidade, em seriedade com relação às coisas espirituais, em um pacto, uma aliança verdadeira com Deus. Isso o(a) levará a uma nova condição e você, em pouco tempo, perceberá que vale a pena confiar em Deus, vale a pena confiar na Sua Palavra, vale a pena ser radical.

Ap. Rina
http://www.boladenevechurch.com.br/mensagem_pop.php?cod=202

Não esconda o seu coração de DEUS, não se afaste dEle, não perca mais tempo, não tenha vergonha, não se esconda. Ele te ama e esta ao teu lado, não importa a situação que você esteja vivendo. Nós não O merecemos, mais mesmo assim, sendo o DEUS que tem todas as coisas, Ele ainda nos quer.
Venha também ser um radical, todos os sábados na Estrada das Capoeiras, 578, Campo Grande as 19h30 ao lado do McDonald's.